Compartilhe o
nosso conteúdo
Dê a sua opinião

Dia das Mães

Consumidor pretende gastar R$ 108 com presente

11 de Maio de 2018 Redação GRM
Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), divulgado na quinta (10), revela que os brasileiros pretendem gastar mais este ano para presentear as mães no próximo domingo (13), em comparação com o ano passado.

O valor médio dos presentes subiu 11%, atingindo R$ 108, contra média de R$ 98 em 2017. O levantamento se baseia na Sondagem do Consumidor que ouviu 1.612 pessoas entre os dias 2 e 19 de abril, em todo o país.

O indicador que mede a intenção de gastar para presentear as mães subiu 9,9 pontos, passando de 59,4, em 2017, para 69,3 este ano, melhor desempenho desde 2014.

Para a faixa de renda mais baixa, até R$ 2,1 mil por mês, o aumento foi menor (6,9 pontos). Apesar disso, essa categoria apresentou a maior evolução no valor médio do presente (25%), que atinge R$ 63 este ano, contra valor médio de R$ 51 em 2017. Para consumidores com maior poder aquisitivo (renda familiar superior a R$ 9,6 mil), o preço médio do presente é deR$ 180, contra R$ 164 em 2017.

O levantamento mostra que vestuário e perfumaria estão entre os itens que lideram a preferência dos consumidores para a data, citados por 50,4% e 10,6% dos entrevistados, respectivamente.

Em Maringá, um levantamento realizado pela ACIM - Associação Comercial e Empresarial de Maringá -, aponta que 75% dos lojistas estão otimistas. No ano passado, o índice era maior: 85%. Entre os otimistas, 65% esperam vender mais do que em 2017.

No ano passado, apesar do otimismo maior, não tinha tanto comerciante apostando em altas nas vendas. Eram 51%. O gasto médio do presente para a mãe será de R$ 100. A expectativa é que os consumidores paguem parcelado no cartão de crédito.

Os lojistas, na maioria, não prepararam promoções e não vão contratar funcionários temporários. A pesquisa foi realizada de 12 a 17 de abril em 198 empresas de ramos diversificados. O Dia das Mães é a segunda melhor data do ano para o comércio.
seta-top